Página Inicial

AYURVEDA THAI YOGA MASSAGEM – AYURTHAI®

Desenvolvida há mais de 2600 anos, a Nuad Borarn ou Thai Yoga Massagem como é mais conhecida no ocidente, é uma das mais fabulosas técnicas milenares terapêuticas que conheço. A técnica pode ser aplicada com objetivos terapêuticos para diminuir a dor crônica, aumentar a flexibilidade, melhorar a postura, estimular a circulação do sangue e reequilibrar o fluxo de energia prana. Ou simplesmente, pode ser aplicado para aliviar o cansaço físico e mental, diminuir o stress e a tensão do dia a dia, relaxar e promover bem estar e qualidade de vida. A Thai yoga massagem foi desenvolvida na Índia no século VI A.C, no Asham de Buda e só chegou à Tailândia no século III A.C. O pai da massagem foi o médico Jivaka Kumar Bhaccha. Historiadores afirmam que o mestre Buda era um dos maiores adeptos da massagem e recebia sessões diárias. Por isso, o doutor é reconhecido como o médico do Buda e pai da massagem tradicional tailandesa. Durante séculos os ensinamentos teóricos e as práticas intensas, eram transmitidos de mestre para discípulo oralmente, já que praticamente não havia registros escritos do Nuad Borarn. A palavra Nuad significa massagem e Borarn significa antiga.

NOSSOS CURSOS DE FORMAÇÃO EM MUKTINATH

Muktinath é um dos mais conceituados centros de formação da América do Sul. O professor Carlos Coimbra é o pioneiro a oferecer cursos de Thai Yoga Massagem associados com os fundamentos da ciência védica. (tridoshas, marma terapia, yoga, meditação, alongamentos, pranayamas e práticas espirituais). Nosso objetivo é oferecer um curso de formação mais completo e abrangente para que nossos alunos incorporem esses conhecimentos milenares em seu dia a dia profissional.

CONHECENDO A MASSAGEM TRADICIONAL TAILANDESA

O que é que a doutrina budista, as práticas do yoga indiano, a meditação, o Ayurveda, a reflexologia e a medicina tradicional chinesa têm em comum?

Da fusão desses conhecimentos, filosofias e medicinas milenares, nasceu a massagem tradicional tailandesa cujo criador foi o médico indiano chamado Jivaka Kumar Bhaccha. O doutor foi também discípulo, médico particular e amigo de Gautama Buda cerca de 2.500 anos atrás. Na Tailândia a massagem tradicional é chamada Nuad Borarn (Nuad Phaen Borarn ou Nuad Paan Borarn). As palavras Nuad e Borarn derivam do sânscrito Purana que se refere a um “trabalho corporal antigo ou sagrado” cujos conhecimentos teóricos eram transmitidos verbalmente de geração em geração bem como através de práticas intensas que eram passadas de mestre para discípulo (param-pará em sânscrito) desde sua criação. A palavra Nuad significa massagem e Borarn significa antiga ou milenar. As raízes da massagem tradicional tailandesa são claramente influenciadas pelos fundamentos do Ayurveda, yoga indiano, doutrina budista e medicina tradicional chinesa.

CONHECENDO A MEDICINA TRADICIONAL TAILANDESA

A medicina tailandesa é composta por quatro ramos distintos: A medicina à base de ervas, a medicina nutricional, práticas espirituais e medicina manual que chamamos massagem tradicional tailandesa. A medicina tailandesa é uma extraordinária combinação de diversos conceitos e teorias da medicina ayurvédica indiana, medicina chinesa tradicional, posturas (asanas) do yoga indiano e práticas da filosofia do budismo Theravada. Dessa riquíssima mistura surgiu uma medicina própria e independente. Ao longo da história da medicina tailandesa as diversas técnicas e protocolos médicos foram utilizados em tratamentos das enfermidades que afligem a humanidade, incluindo problemas emocionais, neurológicos, estruturais e medicina interna. Durante séculos a medicina tradicional tailandesa tratava problemas de natureza psicológica e espiritual. Tudo que existe no universo é formado por quatro elementos: terra, água, fogo e vento. Cada um dos quatro elementos precisa estar em constante equilíbrio para que uma pessoa saudável possa viver em estado de equilíbrio harmonia. Todas as medicinas orientais consideram a existência de cinco elementos enquanto que a medicina tailandesa considera a existência de quatro elementos. Acredito que o elemento espaço (Akasha) ou éter foi confundido com o elemento ar que também pode ser chamado de Vayo, Lom, Vata (que são os mesmos nomes).    

DESEQUILÍBRIO DOS QUATRO ELEMENTOS    

Havendo desequilíbrio desses elementos uma doença ou enfermidade se manifesta causando sofrimento ao individuo. A massagem tradicional tailandesa é um eficiente sistema de cura que combina massagem rítmica, reflexologia, exercícios de respiração, diversos tipos de pressão, trabalho de energia, yoga e uma sequência harmoniosa com mais de uma centena de exercícios, alongamentos, torções e manipulações, feitos de forma suave e gentil. É uma complexa e poderosa massagem terapêutica que contribui para aumentar a flexibilidade, diminuir a dor crônica, melhorar a postura, elevar o nível de consciência espiritual e energia vital, promovendo bem-estar físico e mental. Seu poder transformador vai além dos aspectos físicos e sua força reside na habilidade de integrar corpo, mente e espírito. O estudo apropriado da massagem tradicional tailandesa requer anos de estudo e constante aprimoramento técnico devido à sua riqueza e constante evolução.

O ESPÍRITO DA MASSAGEM – COMPAIXÃO EM AÇÃO

Devido à estreita influência da doutrina budista o conceito de Karuna (compaixão) é altamente apreciado, tanto por ser um estado divino da consciência da mente como um por ser um fundamento essencial para se alcançar paz interior, harmonia e felicidade de si e do nosso semelhante. O estilo da massagem engloba a aplicação prática da compaixão. Para monges tailandeses, a massagem tradicional é considerada tanto parte integrante de uma prática meditativa, quanto um veículo perfeito da aplicação prática da bondade, amor e compaixão que transcende todas as fronteiras. Tradicionalmente, a massagem sempre ocupou uma posição de destaque nas atividades dos templos. Segundo a filosofia budista, aquele que pratica a massagem não deveria ser motivado pela expectativa de ganho financeiro e sim pelo desejo sincero de minimizar a dor e o sofrimento do semelhante, colocando em ação à aplicação prática desses conceitos. Por essa razão, diz-se que o espírito da massagem é a compaixão em ação.

ALONGAR, PUXAR, ESTICAR, TORCER, GIRAR, APALPAR

Se nosso corpo pudesse falar, certamente diria para você: toque-me, alongue-me, torça-me, gire-me e apalpe-me com as mãos. Geralmente o primeiro contado físico que acontece entre duas pessoas quando são apresentadas é através do aperto das mãos. Quando estamos cansados ou tensos. Quando nos machucamos levamos instintivamente a mão ao local que está dolorido e quando sentimos afeto por alguém fazemos carícias com as mãos. O toque é uma das maiores medicinas, acalma, relaxa, conforta, acaricia cura, desbloqueia energia estagnada e libera emoções armazenadas. Numa sessão de massagem é fácil notar que diversas técnicas de pressão, alongamentos, torções e manipulações foram desenvolvidos para relaxar, estimular o fluxo de energia vital, aumentar o fluxo da circulação do sangue e linfa, mover energia estagnada e aliviar a dor. O toque das mãos é uma das técnicas mais usadas durante o tratamento. Um simples toque das mãos pode aliviar dores, tensões e produzir substâncias químicas chamadas endorfinas que na verdade são poderosos “analgésicos” naturais produzidos pelo nosso sistema nervoso para aliviar a dor e promover um sentimento relaxamento e bem estar. O método da thai massagem combina diversas técnicas e formas de toque com as mãos com esse propósito. Aqueles que recebem sessões regulares de massagem experimentam sentimentos de paz, euforia e bem estar.

ALONGAR MÚSCULOS E DESBLOQUEAR ENERGIA ESTAGNADA

A característica que difere a massagem tradicional tailandesa de outras boas técnicas de massagem é a habilidade de alongar as cadeias musculares mais importantes do corpo combinando pressão, manipulações, torções com mais de uma centena de exercícios desenvolvidos para desbloquear energia estagnada, aumentar a flexibilidade, melhorar a mobilidade, reduzir a contração, rigidez muscular, o stress e diminuir a dor crônica. Com essa característica fundamental, a pessoa que irá receber uma sessão alcança os benefícios da massagem mais facilmente que qualquer outra técnica terapêutica manual. Essa característica faz com que a massagem tailandesa seja considerada não meramente uma massagem relaxante e sim um complexo e harmonioso tratamento terapêutico. Quando a massagem começa acontecer uma interação e intercâmbio sutil de energia entre praticante e cliente. É uma experiência poderosa e o sucesso está diretamente relacionado com o estado emocional, físico, mental e espiritual. A massagem tradicional tailandesa deveria ser considerada uma terapia completa e não apenas uma massagem relaxante. A massagem não é um luxo e uma necessidade vital para promover saúde e bem estar. É o veículo perfeito para que duas pessoas tenham uma visão mutua e possam atingir o equilíbrio, harmonia e bem estar que frequentemente está ausente em nossa vida.

UM CORPO FLEXÍVEL TEM MAIS LIBERDADE DE MOVIMENTO

Músculos alongados relaxados e descontraídos permitem que a energia vital flua naturalmente através do corpo. Por outro lado, músculos contraídos podem gerar desequilíbrio no sistema musculoesquelético, afetando a flexibilidade e desigualando o perfeito equilíbrio entre ambos os lados do corpo. Em outras palavras, toda vez que um músculo se encurta para realizar um movimento, (músculo agonista) acontece imediatamente à extensão de um músculo contrário (músculo antagônico) e vice e versa. Por exemplo, na flexão do cotovelo o músculo bíceps (agonista) vai se encurtar e o tríceps vai se estender. (antagonista) A sequência de exercícios e alongamentos terapêuticos tailandeses foi desenvolvida para restabelecer o perfeito equilíbrio e simetria musculoesquelética. A quantidade de movimentos que um músculo pode fazer em uma articulação é determinada pela diferença entre o comprimento quando o músculo está relaxado e quando está contraído. Quando os músculos estão contraídos, seu tamanho diminui, comprometendo os movimentos, isso pode ser causado por diversos fatores como, excesso de atividade muscular, falta de exercícios físicos, má postura, tensões emocionais e até mesmo quando alguém não está fazendo absolutamente nada seus músculos podem estar contraídos acarretando em rigidez muscular, perda gradativa da flexibilidade, surgimento da dor e criar força desigual na coluna e sistema músculo esquelético. Não importa qual seja a causa, mas o resultado será a diminuição progressiva da flexibilidade seguida de rigidez muscular, que por sua vez acarreta em restrição dos movimentos musculares e articulares, iniciando-se um processo contínuo de dor, tensão, contração e desconforto.

SAÚDE E BEM ESTAR EM ESTADO DE EQUILÍBRIO

Uma das fundamentações teóricas da medicina tradicional tailandesa vem do antigo conceito asiático de que toda forma de vida no nível mais básico é energia. A energia pode manifestar-se em nosso corpo de diversas maneiras. Muitas vezes, ela surge de forma extremamente intensa, outras vezes, a energia pode ser infinitamente sutil ou em algumas vezes, a energia pode simplesmente estar ausente ou bloqueada. A vida ou existência depende da interação harmônica do fluxo de energia em nosso organismo. Nas tradições Tailandesa, Indiana e Chinesa, a saúde é vista como a busca do estado de equilíbrio e harmonia em todas as fases de nossa vida enquanto que a enfermidade ou a doença é resultante do desequilíbrio e desarmonia desse fluxo.

O CONCEITO ORIENTAL DE SAÚDE

O conceito oriental para definir saúde é bem mais amplo do que conhecemos no ocidente como “ausência de doenças”. Para eles uma pessoa saudável é aquela que vive em estado de equilíbrio que é caracterizado pela combinação de diversos fatores internos e externos que contribuem positivamente para que a saúde a vitalidade e o bem estar se manifeste. Para isso, uma pessoa precisa englobar em sua rotina de vida diversos fatores importantes como, fazer dieta equilibrada, meditar regularmente, praticar exercícios físicos regularmente, cultivar hábitos saudáveis inclusive os que reforcem sentimentos de alta estima e disciplina espiritual. O somatório desses fatores contribui tremendamente para que o conceito de saúde e bem estar aconteçam plenamente. A Thai Massagem é uma perfeita integração desses conceitos, pois combina yoga passiva, reflexologia, alongamentos, técnicas de pressão, exercícios de respiração, trabalho de energia, práticas de meditação com os conceitos da medicina chinesa, medicina indiana e filosofia budista. Receber regularmente sessões de massagem tradicional tailandesa é uma experiência única e rica para promover saúde, equilíbrio, vitalidade, bem estar e qualidade de vida que muitas vezes está ausente em nossas vidas.

O TOQUE DESBLOQUEANDO EMOÇÕES

O toque das mãos pode produzir um impacto tremendo para liberar energia estagnada e desbloquear emoções. Do mesmo modo que as células guardam memória, nossos músculos também armazenam emoções, traumas e experiências de vida que podem ficar guardadas por toda a vida. Um simples toque das mãos pode não surtir efeito algum, mas quando o toque das mãos é feito por um profissional experiente e sensível que sabe aliar respeito e compaixão pode realizar verdadeiros milagres, transmutando energias, traumas e desbloqueando emoções. Um praticante da massagem tradicional tailandesa deve tocar o cliente com compaixão, sentir com o coração aberto, tocar com as mãos para ouvir os apelos do corpo e estar atento para facilitar qualquer emoção que venha à superfície.

SINAIS QUE O CORPO DÁ

O corpo nos dá infinitos sinais do que está se passando com ele e diferentes partes do corpo e órgãos armazenam sentimentos distintos, algumas áreas são mais vulneráveis que outras. Uma sessão de Ayurveda Thai Yoga Massagem – AYURTHAI ® desempenha papel primordial ao explorar o corpo por inteiro aplicando com mestria uma grande variedade de toque das mãos que ajuda a liberar emoções, memórias, energias bloqueadas, relaxando o corpo e a mente.

É POSSÍVEL VIVER SEM DOR?  

A filosofia Ayurveda defende o conceito de que uma pessoa saudável deveria viver sem dor. Semelhante a esse conceito, a medicina tradicional tailandesa afirma que uma pessoa saudável deveria viver livre da dor e desconforto e a medicina tradicional chinesa afirma que a dor é resultante da falta de comunicação entre sistemas e órgãos. Ou seja, havendo comunicação não existe dor. Mas infelizmente devido às tribulações da vida moderna dificilmente encontraremos uma pessoa que nunca tenha manifestado algum tipo de dor. Atualmente a medicina moderna tem feito grandes avanços, desenvolvendo medicamentos e tratamentos no combate da dor e alguns hospitais associam terapias alternativas como práticas de yoga, alongamentos, massagem, meditação para auxiliar o tratamento. Uma sessão de massagem tradicional tailandesa pode ser um excelente aliado para prevenir a dor e restabelecer o equilíbrio. A prática frequente de exercícios adequados e alongamentos específicos feitos com a supervisão de um profissional qualificado além de adotar a prática de terapias específicas são algumas maneiras para manter o equilíbrio, preservar a saúde e contribuir para que uma pessoa possa viver sem dor.